Pastoral da Sobriedade

Coordenadores Diocesano: Noel de Souza Rezende / Maria Inês de O. Rezende
Telefone: (11) 4596-7293
Email: noelmarines.sobriedade@hotmail.com
Site: www.sobriedade.org.br

Finalidade Principal: 

A Pastoral da Sobriedade é a ação concreta da Igreja para o enfrentamento, de maneira concreta, do problema social da exclusão, miséria e violência. Nasceu em 1998, na 36ª Assembléia dos Bispos do Brasil, para responder à delicada questão do uso de drogas. E hoje, vai além, atuando no tratamento de qualquer tipo de dependência – química ou não – vícios, manias, compulsões ou pecados.

Atua de forma orgânica. É uma Pastoral Social, de Inclusão e Conjunto. É a resposta imediata na Paróquia ao flagelo da dependência química.

Propõe 5 linhas de ação:

  1. Prevenção ao uso de drogas.
  2. Intervenção junto a quem experimentou a droga, mas ainda não se tornou dependente dela.
  3. Recuperação do dependente químico.
  4. Reinserção familiar e social do dependente em sobriedade.
  5. Atuação política onde entendemos todas as formas de articulação e diálogo.

E inicia suas atividades de forma concreta através da abertura do GRUPO DE AUTO-AJUDA DA SOBRIEDADE na Paróquia.

A Pastoral da Sobriedade está organizada em 12 paróquias, onde 50 voluntários coordenam os grupos de apoio que acompanham cerca de 600 pessoas com dependência química, por mês, nas seguintes paróquias:

Jundiaí: Catedral Nossa Senhora do Desterro / Paróquia São João Bosco / Paróquia São Francisco de Assis e São Camilo de Lellis / São José;

Várzea Paulista: Paróquia Nossa Senhora da Piedade / Paróquia São Francisco de Assis e Par. Cristo Redentor;

Salto: Paróquia Cristo Rei (Comunidade São Norberto) / Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Comunidade Santa Cruz) / Paróquia São Benedito e Paróquia São Roque;

Campo Limpo Paulista: Paróquia Santa Luzia.